Professor Oto, um candidato com projetos para Cacoal.

Formado em Pedagogia, Letras e Direito, Professor Oto veio para
Rondônia na década de 70, reside na cidade de Cacoal desde o ano de 2004.
Já ocupou o cargo de Diretor da Escola Aurélio Buarque de Holanda,
Vice Diretor da Escola Antônio Gonçalves Dias e Diretor Executivo do Sintero.
Além de professor, também faz parte da Ordem dos Advogados do Brasil,
OAB/RO atuando como advogado.
Com uma vasta experiência no campo educacional, quase 30 anos de
carreira, além da formação jurídica, professor Oto considera-se tecnicamente
preparado para representar a população de Cacoal na Câmara de vereadores.
Afirma que desde garoto sempre gostou de falar de política, mas a
paixão pela sala de aula o fez optar apenas pelo exercício do magistério.
Porém, as péssimas condições de trabalho, a falta de valorização profissional e
as grandes batalhas enfrentadas, no campo sindical, no decorrer de sua
trajetória educacional, o fez perceber a necessidade de se enveredar no campo
da política partidária para defender a valorização dos profissionais de ensino,
lutar por uma escola pública de qualidade e contra as mazelas sociais.

Dentre as inúmeras pessoas que concorrem a uma vaga na Câmara de
Vereadores, Professor Oto é um dos poucos candidatos que se apresentam
com propostas concretas para nossa cidade. Veja algumas de suas bandeiras
de luta.
Saúde.

Acompanhar de perto os Conselhos de Saúde do município e defender
políticas públicas voltadas para prevenção e redução de riscos de doenças.

Apoiar a associação das pessoas deficientes físicas de nossa cidade, no
sentido de organizar essa parcela de cidadãos somando forças na luta em prol
de suas demandas pessoais e sociais.

Educação

O Congresso Nacional, recentemente, aprovou o FUNDEB permanente.
A nova proposta amplia gradativamente, de 10% para 23% os repasses da
União para Estados e Municípios. Aumento de 70% nos percentuais mínimos
para pagamento de salário dos profissionais da educação, o Custo Aluno
passou de R$ 3.700,00 para 5.700,00, fixou que 5% dos recursos do FUNDEB
sejam reservados exclusivamente para a Educação Infantil, com foco nas
crianças de 0 a 05 anos.

Cacoal tem crescido rapidamente e, em decorrência deste
crescimento, centenas de crianças não conseguem vagas nas creches
impedindo suas respectivas mães de exercerem uma atividade remunerativa.

Na condição de vereador eleito, irei cobrar do executivo a conclusão
das obras de creches como as dos Bairros: São Marcos, Greenville, Alpha
Park, que há anos aguardam ser concluídas e, desta forma, ampliar o número
de vagas nas creches de Cacoal.
Atuar na defesa da valorização dos professores e técnicos e
melhorarias das condições de trabalho dos servidores públicos municipais.
Defender a criação de um centro de atendimento para crianças com
autismo, e lutar para que essas crianças tenham atendimento especializado
pelo poder público.
Atuar em defesa do jovem secundarista que mora no campo e precisa
continuar seus estudos sem necessitar mudar para a cidade
Na condição de professor e servidor público estadual, ser uma voz em
defesa das causas dos servidores públicos municipal, atuando em defesa de
melhorias de seus planos de carreiras e valorização do servidor.

Ser um grande aliado do Sindicato dos Servidores e juntos, lutar pela
aplicabilidade da Lei 11.738/08, que trata sobre o Piso do Magistério e
regulamenta o limite máximo de 2/3 da carga horária para atividades de
interação com os educandos.
Defender a obrigatoriedade de contratação de orientadores e
psicólogos para atender a clientela estudantil das escolas municipais.

Área social

* Propor, por meio de projeto de lei, a criação de um Conselho Municipal
de Projetos Sociais que receberá um fundo remuneratório, provido por uma
parcela dos impostos municipais, que terá como destino exclusivo o de ajudar
instituições que acolhem pessoas em condições de vulnerabilidade, ou
desenvolvem projetos sociais em nossa cidade.
* Ser um parceiro das instituições filantrópicas no município
assessorando-as na criação de projetos para angariar recursos e desenvolver
suas obras de caridade.
* Defender projeto de lei que isenta do pagamento de IPTU pessoas que
estejam em tratamento de doenças graves, assim como os atingidos por
enchentes no município.
* Defender e apoiar o Conselho das Mulheres no município para discutir
políticas sociais afirmativas voltadas diretamente para a mulher;
* Propor a criação do Conselho do Idoso para discutir políticas de
Assistência, valorização e participação do idoso nas atividades culturais,
esportivas e de lazer promovida pelo poder municipal.

Agricultura
Apoiar e caminhar lado a lado com as associações rurais;
Defender a criação de um Programa Municipal de Desenvolvimento da
cadeia produtiva familiar, autorizando o Poder Executivo utilizar recursos da
Secretaria de Agricultura para incentivo da piscicultura, ovinocultura e etc.
Propor por meio de projeto lei a criação de um seminário anual para
elaboração do plano de desenvolvimento rural do município assegurando a

participação de entidades representativas sindicais, trabalhadores rurais e
comunidade interessada.

Cultura e esporte.
Defender a proposta de total isenção de pagamento de taxas para a
utilização do teatro por grupos teatrais, companhia de danças ou qualquer
cidadão cacoalense que trabalhe com atividades artísticas.
Defender um calendário cultural para valorização de artistas locais.
Defender melhorias e ampliação do Esporte amador, para crianças e
adolescentes e mobilizar e criar políticas públicas para o Esporte de
rendimento com associações e Clubes nas diversas modalidades.
Apoiar entidades representativas que trabalhem com atividades
desportivas.

Meio Ambiente
Defender políticas de regularização dos loteamentos irregulares e
clandestinos, de maneira, que se possa controlar a segregação urbana.
• Atuar em defesa de políticas públicas para as áreas urbanas
consolidadas e áreas de preservação permanente (APP).
Atualizar o Plano Diretor do município e as legislações municipais
correlatas.
Propor a criação de um Plano Municipal de Arborização Urbana.
Para finalizar, quero apresentar o Projeto Gestão Transparente – que
limita o número de portariados prestando serviços na Prefeitura para evitar o
vício do apadrinhamento político que faz da prefeitura um cabide de emprego
para os chegados do prefeito e vereadores.

Estas são algumas das propostas que o Professor Oto pretende defender
na Câmara Municipal em prol do desenvolvimento do nosso município de
Cacoal e de toda sociedade. Caso eleito, fará um mandato participativo e
estará atento aos anseios da população e dos segmentos sociais.

Em defesa da Escola Pública, das Instituições Filantrópicas e da Dignidade da
Pessoa Humana