Mais de 60% dos municípios de RO registraram pelo menos o dobro do número de casos de coronavírus em julho

No quarto mês de pandemia do novo coronavírus, diversas cidades apresentam um ritmo crescente de casos da doença. Em julho de 2020, 32..

No quarto mês de pandemia do novo coronavírus, diversas cidades apresentam um ritmo crescente de casos da doença. Em julho de 2020, 32 cidades, o equivalente a 61,5% dos municípios do estado, registraram pelo menos o dobro do número de casos em relação ao mês anterior.

Chupinguaia foi a cidade que teve a maior taxa de crescimento de casos totais: 1309%. Porto Velho, município com maior número de casos registrados em todo o estado, viu sua taxa diagnósticos de Covid-19 crescer 67,1%.

Já São Miguel do Guaporé, que chegou a ter uma das situações mais preocupantes no interior de Rondônia, devido o rápido crescimento no número de novos casos entre maio e junho, registrou um aumento de 4% no mês de julho.

Em relação ao número de mortes pela Covid-19, Porto Velho teve o maior número absoluto de óbitos registrados em um mês: 195. O crescimento de registros foi de 53,4%, chegando a 560 mortes na capital.

Dezesseis municípios passaram a registrar, no final de julho, o dobro ou mais do que o contabilizado até o último dia de junho. Cidades como Machadinho D’Oeste, Ouro Preto e Rolim de Moura tiveram 300% a mais de mortes em um mês.

Alta Floresta, Chupinguaia, Corumbiara, Itapuã do Oeste, Nova União, Parecis, Pimenteiras do Oeste, São Felipe D’Oeste, Vale do Anari e Vale do Paraíso, que antes não registravam mortes pela Covid-19, tiveram seus primeiros óbitos no último mês.

Enquanto isso, 12 cidades permaneceram sem registros de mortes: Cacaulândia, Castanheiras, Colorado do Oeste, Governador Jorge Teixeira, Nova Brasilândia, Primavera de Rondônia, Rio Crespo, Santa Luzia, Seringueira, Teixeirópolis, Theobroma e Urupá.

Veja a evolução da pandemia no mês de julho em RO

Municípios Mortes em 30 de junho Mortes em 31 de julho Taxa de crescimento no número de mortes Casos em 30 de junho Casos em 31 de julho Taxa de crescimento no número de casos totais
Alta Floresta D’Oeste 0 2 108 304 181,5%
Alto Alegre dos Parecis 1 3 200% 39 98 151,3%
Alto Paraíso 4 4 0% 62 168 170,9%
Alvorada D’Oeste 1 3 200% 18 51 35,3%
Ariquemes 21 41 95,2% 1316 2627 99,6%
Buritis 2 4 100% 149 270 81,2%
Cabixi 1 3 200% 4 44 1000%
Cacaulândia 0 0 16 33 106,2%
Cacoal 5 12 140% 290 759 61,7%
Campo Novo de Rondônia 2 4 100% 59 83 40,7%
Candeias do Jamari 11 18 63,6% 471 923 95,9%
Castanheiras 0 0 19 32 68,4%
Cerejeiras 2 5 150% 32 104 225%
Chupinguaia 0 1 11 155 1309%
Colorado do Oeste 0 0 46 80 73,9%
Corumbiara 0 1 4 19 375%
Costa Marques 1 1 0% 25 82 228%
Cujubim 3 5 66,6% 93 168 80,6%
Espigão D’Oeste 5 6 20% 62 258 316,1%
Governador Jorge Teixeira 0 0 39 49 25,6%
Guajará-Mirim 43 68 58,1% 1250 2251 80%
Itapuã do Oeste 0 3 126 282 123,8%
Jaru 8 16 100% 498 1164 133,7%
Ji-Paraná 11 19 72,7% 506 1094 116,2%
Machadinho D’Oeste 1 4 300% 98 381 188,7%
Ministro Andreazza 1 1 0% 3 9 200%
Mirante da Serra 2 2 0% 53 66 24,5%
Monte Negro 1 2 100% 55 110 100%
Nova Brasilândia D’Oeste 0 0 14 103 635,7%
Nova Mamoré 5 6 20% 233 544 133,5%
Nova União 0 1 47 73 55,3%
Novo Horizonte do Oeste 1 1 0% 23 31 34,7%
Ouro Preto do Oeste 3 12 300% 219 378 72,6%
Parecis 0 1 1 11 1000%
Pimenta Bueno 3 7 133,3% 177 362 104,5%
Pimenteiras do Oeste 0 3 39 111 184,6%
Porto Velho 365 560 53,4% 13133 21.946 67,1%
Presidente Médici 1 3 200% 32 177 453,1%
Primavera de Rondônia 0 0 5 10 100%
Rio Crespo 0 0 15 65 133,3%
Rolim de Moura 3 12 300% 367 828 125,6%
Santa Luzia D’Oeste 0 0 12 66 450%
São Felipe D’Oeste 0 1 46 57 23,9%
São Francisco do Guaporé 1 2 100% 46 88 91,3%
São Miguel do Guaporé 7 13 85,7% 738 768 4%
Seringueiras 0 0 32 79 146,8%
Teixeirópolis 0 0 4 11 175%
Theobroma 0 0 20 74 270%
Urupá 0 0 26 45 173%
Vale do Anari 0 1 43 74 72%
Vale do Paraíso 0 1 16 49 187,5%
Vilhena 6 20 233,3% 545 1378 152,8%
Fonte: G1RO