Vilhena-medico-deposita-quase-15-mil-apos-cair-em-golpe-de-whatsapp-clonado/

Número de telefone e foto correspondiam com os dados do amigo

Na tarde desta segunda-feira, 20 de julho, um médico que atua em Vilhena procurou à UNISP para registrar uma ocorrência após ter sido vítima de um golpe por meio do aplicativo whatsApp.

Segundo narrado pelo médico, que tem 41 anos. Ele foi chamado no whastsApp, por um amigo que também é médico e como de costume, o colega de profissão pediu um empréstimo no valor de R$ 4.980 reais. Como a foto e o número de contato era realmente do amigo, o Dr. vilhenense realizou a transação bancária no nome de Darlene Miranda Alencastro Veiga, numa conta da Caixa Econômica Federal.

Logo após, o suposto amigo tornou a pedir ajuda do médico, desta vez solicitando mais R$ 7 mil. O depósito foi realizado na conta de Viviane Rodrigues Costa, do Banco do Bradesco. E neste mesmo dia, o Dr que atende em Vilhena realizou a transferência de mais R$ 2.880 em uma conta conjunta identificada como sendo de Viviane Rodrigues e Adilson Seabra.

No total, o médico teve um prejuízo de R$ 14.860,00.

Polícia Civil de Rondônia alerta população contra golpes: