Preso homem condenado a 22 anos por estuprar enteada de 8 anos

Policiais da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) de Porto Velho cumpriram mandado de prisão expedido contra Reginaldo M. S., 51 anos, condenado a mais de 22 anos de cadeia por ter estuprado a ex-enteada, de 8 anos, em uma residência, localizada na Zona Leste da Capital. O crime ocorreu em abril de 2013.

A vítima decidiu contar os abusos praticados pelo padrasto dias após sua mãe se separar de Reginaldo, no mesmo ano em que ocorreu o crime. Cansada de sofrer calada, a menina disse o que tinha acontecido e a Polícia Militar foi acionada para ir até a residência.

Após ouvir os relatos da criança os policiais iniciaram um patrulhamento, mas não localizaram o homem. A ocorrência foi registrada na delegacia da região.

Para os policiais a vítima contou que os abusos aconteciam quando sua mãe estava na igreja. Aproveitando a ausência da esposa em casa, a menina relatou que o criminoso passava a mão em suas partes intimas.

Como o criminoso não foi localizado no dia em que a denúncia foi feita, a Polícia Civil iniciou as investigações. Os trabalhos avançaram, o homem foi indiciado, prestou depoimento, o inquérito foi instaurado, finalizado e ele foi condenado a 22 anos e seis meses de prisão pela justiça.

Com o mandado de prisão em mãos, os policiais da Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente passaram a trabalhar para localizar o paradeiro de Reginaldo.

Nesta terça-feira (30), o criminoso foi localizado no Bairro Tancredo Neves, na Zona Leste da Capital. Ele recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a delegacia, onde ficou à disposição da justiça.https://www.rondoniagora.com/