Violência doméstica em Vilhena: Prefeitura oferece atendimento remoto por WhatsApp para mulheres

Orientações e atendimento psicológico à distância dão apoio para mulheres vítimas de violência durante a pandemia

O Centro de Atendimento à Mulher (CAM) está atendendo mulheres que estejam, neste momento, vivenciando violência doméstica via WhatsApp ou ligação das 7h às 13h a partir do encaminhamento da Delegacia da Mulher e Fórum. Através dos números 3322-6486 ou 99981-7062 a entidade oferece atendimento psicológico, orientações e apoio estas vítimas que sofrem atualmente com qualquer tipo de abuso contra seus direitos.

De acordo com a psicóloga Letícia Santi, o silêncio das vítimas favorece a tranquilidade do agressor, que pode continuar fazendo novas vítimas. “É vital quebrar o ciclo de silêncio e buscar ajuda profissional. Abusos, de todos os tipos, deixam marcas importantes nas vítimas e isso pode ser impedido através das autoridades, por meio de investigação, orientação e apoio do Centro de Atendimento à Mulher, da Delegacia da Mulher, da Polícia Civil e outros órgãos responsáveis. Esse contato pelo WhatsApp garante a privacidade e a facilidade que as mulheres precisam para comunicar seus abusos a quem pode ajudá-las, sem nem precisar vocalizar isso, pois podem conversar conosco por meio de texto”, revela a psicóloga.

Recentemente o CAM também desenvolveu campanha de conscientização sobre abusos de menores. A psicóloga dá algumas dicas para pais e protetores: (1) Converse com as crianças e adolescentes, (2) Explique a eles os cuidados e limites do corpo, (3) Procure participar da rotina das crianças e adolescentes (o que fazem, com quem andam, o que acessam na internet), (4) Preste atenção no comportamento das crianças e adolescentes, pois alguns sinais podem ser indício de violência.

Segundo Letícia Santi, o tema é delicado e deve ser abordado para engajar a sociedade nesta causa. Nestes links estão disponíveis um vídeo com a profissional que dá algumas recomendações e informações: https://www.youtube.com/watch?v=_taBHoyNWpU ou https://www.facebook.com/municipiodevilhena/videos/658524321373406/

Semcom