Com participação do TCE, Ecoliga de Rondônia define atividades para o próximo triênio

Desde 2017, quando foi instituída, a Ecoliga-RO tem unido forças para a difícil tarefa de tornar os comportamentos individuais e institucionais mais sustentáveis. Neste último mês, foi o momento de definição das atividades que serão realizadas para os próximos três anos.

O grupo de trabalho responsável pela implementação das iniciativas definidas por meio do termo de cooperação que institucionalizou a Ecoliga de Rondônia concluiu, no último dia 29 de maio, os trabalhos referentes à definição do planejamento estratégico dessa rede colaborativa, como identidade organizacional, objetivos, metas e ações a serem desenvolvidas no período de 2021 a 2023.

Atualmente a Ecoliga-RO é composta pelo Tribunal de Contas do Estado, Tribunal de Justiça, Ministério Público Estadual, Procuradoria da República em Rondônia, Procuradoria Regional do Trabalho de Rondônia e Acre, Tribunal Regional Eleitoral, Tribunal Regional do Trabalho de Rondônia e Acre, Universidade Federal de Rondônia, Defensoria Pública da União e Seção Judiciária do Estado de Rondônia do Tribunal Regional Federal da 1ª Região.

OFICINAS

Capitaneadas pelo servidor Ronaldo Pontes Moura, do Tribunal Regional Eleitoral de Rondônia, as oficinas de construção do planejamento, que ocorreram entre os dias 11 e 29 de maio, mediante videoconferência, tiveram a participação de representantes de todos os órgãos signatários.

A missão da Ecoliga-RO é gerar práticas públicas sustentáveis e integradas, priorizando o atendimento à sociedade, orientando-se pelos seguintes valores: sustentabilidade, cooperação, responsabilidade socioambiental, ética e desenvolvimento local.

O objetivo da equipe responsável pelo monitoramento e execução do plano é realizar um conjunto de ações direcionadas à capacitação de colaboradores, contratações compartilhadas, comunidades locais, engajamento institucional, dentre outras, considerando as perspectivas social, ambiental, econômica e cultural da sustentabilidade.

O texto final será submetido à gestão máxima dos órgãos partícipes para apreciação e aprovação do planejamento, a fim de que os bons resultados socioambientais sejam potencializados por meio da Ecoliga-RO, de modo que essa rede de cooperação possa se tornar referência em gestão pública sustentável perante a sociedade de Rondônia.