Sicoob Fronteiras mantém crescimento

Carlos Biazi
Carlos Biazi agradeceu o empenho de delegados, conselheiros e colaboradores – Foto: arquivo

Com 21 anos de fundação, sendo o último como filiada do Sicoob Central Rondon, a Cooperativa Sicoob Fronteiras conseguiu, em 2019, manter a média de crescimento dos últimos anos, mesmo em meio a transição. Os dados, referente aos resultados alcançados no último exercício e ao novo plano de expansão da cooperativa, foram apresentados durante a pré-assembleia e a assembleia geral, realizadas no mês de maio, via internet.

O diretor administrativo Tiago Zandoná considera a realização, tanto da pré-assembleia, como da AGO e da AGE, um marco na trajetória recente da cooperativa. Segundo ele, por mais que esses avanços tenham sido acelerados em virtude da pandemia do coronavírus e do fato de os cooperados terem utilizado exclusivamente um aplicativo novo, o Sicoob MOOB, a participação superou as expectativas.

Na opinião do diretor, o sistema também se mostrou mais inclusivo, na medida em que facilita o acesso, pois a pessoa não precisa se deslocar, mas sim pode participar de qualquer lugar. “Você pode estar fazendo atividades físicas e escutando a transmissão, aproveitando o conteúdo que está sendo compartilhado”, exemplifica.

 

Aceitação

Se referindo aos resultados alcançados no último ano, a diretora de negócios, Rosilaine Repizo Isidoro, afirmou que foi possível perceber uma boa aceitação da marca Sicoob, especialmente dentro de Mato Grosso, onde a singular começou a se expandir, abrindo uma agência em Pontes e Lacerda. Segundo ela, a cooperativa mantém processo adiantado para a abertura de mais três agências na região, sendo em Mirassol D’Oeste, Barra do Bugres e São José dos Quatro Marcos.

A diretora afirmou que além do peso da marca, a cooperativa passou a contar com novos produtos e serviços. Ela citou como exemplo, o caso do seguro e do consórcio, considerados muito mais competitivos, a poupança, a previdência privada e também o crédito rural, repassado pelo Governo Federal.

Deliberações

O presidente do Conselho de Administração, Carlos Alberto Biazi, informou que durante a assembléia houve também uma reforma no estatuto, tanto para adequá-lo ao padrão do Sistema Sicoob, como para definição da área de ação, que agora abrange o estado de Rondônia, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul.

Os cooperados também decidiram em relação a itens como políticas institucionais, demonstração contábil, prestação de contas, a destinação das sobras e a fixação dos honorários. Segundo o presidente, a assembleia optou por fazer a integralização e utilizar as sobras para o fortalecimento do capital social dos cooperados. Quanto aos honorários, ele explicou que não foi proposto nenhum tipo de reajuste para este exercício, em função do novo coronavírus.”Queremos destacar o empenho e envolvimento dos conselheiros, delegados e colaboradores, no sentido de mobilizar o quadro de cooperados para participar das assembleias digitais”, disse o  presidente.

Fonte: Eli Batista