Cartão Alimentação Escolar é aceito em mais de 100 estabelecimentos em todo estado

A alimentação escolar é um direito garantido pela Constituição Federal, como um programa suplementar à educação.

DIÁRIO DA AMAZÔNIA
Cartão merenda (Divulgação)

Com o objetivo de substituir a merenda escolar das escolas estaduais, o cartão deve ser utilizado para compra de produtos do gênero alimentício em padarias, mercearias, mercados e açougues.

Ofertado pelo governo do Estado para atender estudantes em situação de vulnerabilidade social, para aquisição direta de gêneros alimentícios, o Cartão Alimentação Escolar já conta com mais de 100 estabelecimentos cadastrados. Vale lembrar que este número ainda pode subir.

Governador coronel Marcos Rocha (Divulgação)

Após uma excelente medida do governador do estado, coronel Marcos Rocha, o cartão em parceria com a Eucard foi trazido em caráter excepcional, para funcionar durante o período de afastamento social, decorrente da pandemia da Covid-19, para atender os alunos da rede estadual de ensino.

A alimentação escolar é um direito garantido pela Constituição Federal, como um programa suplementar à educação. Assim, o Estado tem a obrigação de prover, promover e garantir que os estudantes recebam alimentação durante o período que estiverem na escola, porém, devido à pandemia que o mundo está vivendo, a alternativa encontrada pelo governo de Rondônia para auxiliar as famílias dos estudantes carentes, foi realizar a transferência de recurso por meio do Cartão Alimentação Escolar, evitando aglomerações, durante o período de calamidade pública. Para isso, foi realizado o chamamento público nº 048/2020/Ômega/Supel/RO, na qual a empresa habilitada foi a responsável pela confecção dos cartões a serem entregues aos pais dos estudantes.

À empresa Eucard coube a missão de credenciar os estabelecimentos do setor alimentício para absorver esta demanda. “Iniciamos a campanha com pelo menos um estabelecimento por cidade, como exigido pela secretaria de educação, mas este número já quase dobrou devido a grande procura e desejo de fazer parte desta operação, por parte dos donos de mercados, padarias e demais estabelecimentos que trabalham com a venda de produtos do gênero alimentício”, comentou Jaime Agostinho, diretor da Eucard.

O Conforme enfatizou o governador, durante coletiva de lançamento do programa, “o Cartão Alimentação Escolar não poderá ser utilizado para aquisição de produtos de higiene pessoal, materiais de limpeza, bebidas alcoólicas e quaisquer outras destinações que não se enquadrem nas despesas alimentícias, cuja finalidade deverá ser a de complementação nutricional do estudante”.

Para conferir a rede credenciada, ou solicitar um credenciamento, basta acessar o site www.eucard.com.br/seduc.