Paulinho do Cinema parabeniza profissionais da saúde e alerta população sobre os cuidados com a covid-19


Durante seu discurso na última sessão da Câmara Municipal, o vereador Paulinho do Cinema comentou sobre sua experiência vivida no dia anterior. “Hoje quero agradecer. Ontem tive uma alteração na pressão e fui para o Heuro. Cheguei lá às 14h00 e sai por volta das 22h00. E tenho que reconhecer que quando se dá para o profissional de saúde os materiais necessários e a estrutura necessária o serviço se torna de excelência. Por isso quero parabenizar os profissionais que me atenderam e também pude perceber esta eficiência e carinho que os profissionais tiveram com todos os demais pacientes que estavam lá para serem atendidos. Quando o hospital não está lotado, o médico e os enfermeiros tem condições de prestarem um serviço de excelência. O nosso problema e que, às vezes, a demanda é muito grande e nós não temos um plano ‘B’, por isso vemos os problemas no setor como a demora no atendimento por exemplo”, explicou.
Aproveitando o assunto sobre a saúde pública, o vereador falou sobre o problema que está alarmando o mundo, a Covid-19. “Acredito que não haja nenhum humano que não esteja meio perdido neste momento com tantas informações que recebemos. Uns falam que não é nada e tudo não passa de exagero, mas confesso que nunca vi um exagero parar o mundo. Querem que o povo acredite que isso é uma coisinha simples? Falam da Cloroquina como possível solução, mas se fosse só dar Cloroquina para os pacientes duvido que este problema já não tivesse sido resolvido. Penso que ela tenha seu lado benéfico, mas quem deve definir como administrá-la ao paciente são os médicos e aí sim talvez traga um resultado positivo neste momento e não apenas propagar que devemos usar o medicamento sem uma atenção medica para cada paciente”, falou o Vereador.
Outro ponto que Paulinho do Cinema citou foi sobre os relatórios diários e a divulgação de números de casos suspeitos e confirmados com a Covid-19. De acordo com ele, até isso tem que ser pensado para trazer segurança à população.
“Fico feliz em saber que em Cacoal 22 dos 29 casos confirmados já estão curados. Mas penso que se enfatizar mais os que estão curados que os casos existentes a população pode achar que seja algo simples e acabarem por não tomar os devidos cuidados para que não haja mais propagação do Covid-19. Até isso é importante se pensar. Muitas vezes achamos o problema distante de nossa realidade, até que temos um caso na família. Mas aí pode ser tarde pois podemos ter colaborado para agravar ainda mais o índice de contaminação com a Covid-19”, explicou Paulinho do Cinema e complementou: “Sei que a situação é complexa. Estou com compromissos atrasados com bancos por exemplo e se agravar muito posso até perder o Cineart, mas tenho muito mais medo de perder um familiar para esta doença. Todo cuidado é pouco e por isso devemos fazer nossa parte pela vida de nossa família”.